13 junho 2015

Peugeot aposta em 'estratégia chinesa' e enche o 208 de equipamentos sem aumentar os preços

A estratégia é parte do novo direcionamento da marca. Com o fim da linha 207, a Peugeot resolveu abandonar o segmento de entrada e se concentrar nos nichos de maior valor agregado. Assim, o 208 passa a oferecer um pacote de itens mais completo a partir da linha 2016. Além de direção de assistência elétrica, ar-condicionado, air bags e ABS, o hatch passa a trazer retrovisores e vidros com acionamento elétrico nas quatro portas, faróis de neblina, volante com botões e alarme desde a versão básica Active 1.5 (R$ 45.990). Esta passa a oferecer opcionalmente a central multimídia com tela touch de 7 polegadas no painel, instalada de série a partir do intermediário 208 Active Pack 1.5 (R$ 49.990). Seguindo o mesmo escopo, a configuração recebeu mais recursos, com destaque para o ar-condicionado de duas zonas, os airbags laterais dianteiros e o volante revestido em couro. Nos dois modelos Active, o conjunto mecânico é sempre o mesmo: motor 1.5 8V flex de 93 cv e 14,2 kgfm de torque (com etanol), e câmbio manual de cinco marchas.




Nenhum comentário: