24 agosto 2015

Singer: versão atualizada do Porsche 911 Targa dos anos 60

Ter um carro antigo de importância histórica, como um Porsche 911 dos anos 60, é sempre algo especial. Mas são automóveis raros, caros e limitados para o uso constante em termos de conforto, desempenho e confiabilidade. É para esse público que a Singer Vehicle Design, empresa californiana de Irvine, tem retrabalhado modelos 911 dos anos 90 para reprisar as linhas clássicas de décadas anteriores, acrescentando um toque atual na mecânica. Há pouco a Singer concluiu seu primeiro trabalho sobre o 911 Targa, inspirado no modelo inicial lançado em 1965. Best Cars
Embora pareça um Porsche original dos primeiros anos, o Targa da Singer teve a carroceria toda refeita com amplo uso de fibra de carbono, material usado também nos painéis de teto removíveis. A barra transversal característica do modelo, que era de aço inoxidável no carro de origem, foi reproduzida em níquel e o interior segue o estilo que o 911 usava nos anos 60 e 70. Sob o capô traseiro está um motor de 964 (a série do 911 fabricada entre 1989 e 1994), ampliado de 3,6 para 4,0 litros e preparado para obter potência de 390 cv e torque de 43,6 m.kgf, com câmbio manual de seis marchas da série 993 (a seguinte, de 1993 a 1998). O carro tem ainda suspensão revista com amortecedores Öhlins, rodas especiais do clássico modelo Fuchs (a Singer sugere de 17 pol com pneus 225/45 à frente e 275/40 atrás) e freios de 993 Turbo com pinças Brembo. Best Cars





Nenhum comentário: